terça-feira, 3 de março de 2009

Saudades tuas mano




Venha quem vier, um pequeno ou grande amor, quero que saibas que para mim és o meu amor numero um. É o rapaz mais lindo da minha vida, e ame eu quem amar, vou amar-te ainda mais que a ele. Porque és do meu sangue, porque estás comigo não muito tempo como eu gostava, mas estás nos bons e maus momentos. És tu quem me atura com bebedeiras enormes, és tu, o rapaz, que mais zelas pela minha segurança, pelo meu bem estar e pela minha vida amorosa. Pois digo-te a ti e a quem quiser, grito ao mundo se quiseres, és tu o rapaz da minha vida, és tu quem eu amo mais que todos. Não te trocava por outro, porque até gosto das nossas discuções, dos nossos dias passados em casa a atalantar, nos dias de praia, nas noites em santos ou mesmo só a beber o café a saber a azeitona da windsurf. Porque hoje senti uma saudade enorme de ti mano. Gosto mesmo de ti e nunca duvides disso, alias acho que te demonstrei o quanto gosto de ti o quanto te apoio, quando ouve aquela situação, em que foste apanhado. Tenho saudades de quando vivias cá em casa, atrufiavamos os dois, mas pelo menos estavas aqui ao meu lado. Tenho saudades de ti meu kikinho, meu unico irmão e o meu preferido ;)

4 comentários:

  1. tao crida tambem gosto muito de voce minha maninha...tanks for everything love you my sister (atalantain)lol =)

    ResponderEliminar
  2. Pergunto se terias escrito o mesmo logo depois da cena do gelado em Monchique...

    ResponderEliminar
  3. Provavelmente não o teria dito, mas na altura eramos tão pequeninos que não sabiamos a falta que fazemos um ao outro...

    ResponderEliminar